Reforma Constitucional - Poder Executivo

. Os representantes do poder executivo seriam escolhidos entre os participantes do Fórum Legal e pelos mesmos, podendo ser qualquer pessoa, independentemente de sua formação, idade, sexo ou qualquer tipo de distinção, respeitando o mesmo sistema de pontuação usado na escolha dos moderadores, ou seja, por mérito reconhecido pela comunidade.

. Os representantes do executivo, nas diversas esferas, iriam apenas acatar as decisões do Fórum Legal e faze-las cumprir entre o diversos órgãos do governo.

. Teriam função sobretudo de fiscalizar e auditar o processo quando assim solicitar o Fórum Legal, além de representar as decisões do Fórum em eventos políticos em que suas presenças se façam necessárias, seja no País ou no exterior, sempre de acordo com a esfera de atuação e o desempenho de cada um.

. Não receberiam para esse trabalho nada além do que ganhariam, no mesmo período exigido pelo serviço público, exercendo sua atividade profissional normal.

. Não poderiam ser demitidos ou perder benefícios na sua ocupação normal em virtude das atividades no executivo, ficando garantido a eles o direito e o privilégio de representar o país nessas ocasiões, sem prejuízo para suas carreiras.

. O Banco da União arcaria apenas com as despesas eventuais do Poder Executivo nas missões em que se fizer necessário. Não existindo portanto nenhuma remuneração para essas funções. 

|

Comentarios

Comentários a este artigo no RSS

Comentarios recientes

  • Não há comentários recentes
Cerrar